18 de fevereiro de 2009

Nossos " canto, danço e bato palmas" prediletos

E vamos para mais uma listinha. Pra não copiar a MTV e chamar de "Melhor sequência de dança" a gente mudou para "Melhor canto, danço e bato palmas"
Lembrando que essa não é a seleção das melhores canções do cinema e sim dos personagens que literalmente cantam, dançam e batem palmas. Daqueles que quebraram a barreira da leitura de texto e caíram de cabeça na performance! As trilhas marcantes virão depois.


1 - Cantando na chuva (Singin' In The Rain, EUA, 1952 / Gene Kelly, Stanley Donen) - Não tem como falar de números musicais e não falar de Gene Kelly , sim eu sou tiete dele, fã de carteirinha, mas me digam se tem como não ser? As dancinhas nesse filme são TODAS espetaculares e o Gene na verdade foi quem antecipou o lance do me and my umbrella, que mais tarde viraria hit chiclé na "voz" da Rihanna. Esse sim, canta, dança e bate palmas na chuva, com os pés em poças e feliz da vida. Sem deixar de lado as maravilhosas Moses Supposes, Good Morning , Fit as a fiddle e Make them laugh. Ah, também adoro a Debbie cantando Would you, would you e confesso que sei todas de trás pra frente.

2 - The Rocky Horror Picture Show (The Rocky Horror Picture Show, ING, 1975 / Jim Sharman) - Uma sátira aos filmes de ficção científica. Um casal, Janet e Brad (Susan Sarandon garotinha) caem na estrada para visitar um antigo professor e no caminho param num castelo para pedir ajuda - problemas com o carro -, o que eles não sabem é que o dono desse castelo é o Dr. Frank N. Furter, um travesti viscoso do planeta Transexual, da galáxia da Transilvânia. O filme traz personagens bizarros e inesquecíveis como o corcunda Riff Raff, a irmã do Dr. Frank, Magenta e sapateadora chamada Columbia. Entre as maluquices do doutor ele cria o homem perfeito, chamado de Rocky e os números musicais do filme são nota 1000. Atenção especial para a sequência na sala do castelo e para a canção I can make you a man. Esse talvez não seja muito conhecido mas quem se interessar e resolver ver, com certeza vai concordar comigo. O Dr. Frank Furter é um artista completo: canta, dança e sapateia!

3 - Moulin Rouge (Moulin Rouge, EUA / Austrália, 2001 / Baz Luhrmann) - Esse sim é conhecido. Trabalho primoroso de Baz Luhrmann, super frenético, muita música, cores e movimentos. Casal ternurinha Nicole Kidman e Ewan McGregor, a trilha tem participação de figurinhas conhecidas no cenário musical como Bono e Beck. Devo dizer que a primeira cena de dança no salão no Moulin Rouge quando a Satine (Kidman) desce num balanço é belíssima, mas a minha predileta é sem dúvida o Tango de Roxane. O momento like a virgin é incrível também e o medley no Elefante realmente abala as minhas estruturas.

4 - Perfume de mulher (Scent of a Woman, EUA, 1992 / Martin Brest) - Daí vocês exclamam: Mas o Al Pacino nem canta ou bate palmas! E eu me defendo: Não, não canta nem bate palminhas, mas o Frank Slade é cego e manda mais do que bem num tango! Precisa de mais alguma coisa? Pode confessar, dá até aquela vontade de sair bailando pelo salão com o Pacino.



5 - O prisioneiro do rock (Jailhouse Rock, EUA, 1957 / Richard Thorpe) - Ele o rei! Não poderia deixar de figurar em pelo menos uma de nossas listas né, pelo menos não nas minhas. Na minha humilde opinião, esse é o melhor filme do Elvis. Vince Everett (Elvis Presley) é enviado para prisão e lá é protagonista de um dos maiores números musicais da história! Grades, uniforme listrados e o hino "...Let's rock, everybody, let's rock, everybody in the whole cell block, was dancin' to the Jailhouse Rock". E mais uma vez ele antecipou uma tendência. A Alzira (da novela Duas Caras) copiaria anos mais tarde. O Elvis já descia pelo cano em 57.

é isso!

Leila

Um comentário:

Bruna Bernordi disse...

Adorei a seleção e criatividade.