19 de março de 2009

Poder para o Povo

Tão batida quanta a discussão se o cd vai morrer ou não e se o jornal de papel vai acabar ou não é aquela sobre as salas de cinema. Se elas vão deixar de existir ou não, já que hoje em dia muita gente prefere baixar os filmes em casa ou comprar o piratinha por 5 reais.

Acho essa discussão um pé no saco, já que é muito óbvio que sempre existirão amantes da sétima arte que irão escolher a melhor opção para apreciar um filme, que é naquela tela gigante e com altos falantes gigantes também.

Mas o que pouca gente sabe é que essa suposta “crise existencial” do cinema tem possibilitado uma inversão de valores, onde quem passa a mandar é o telespectador, que escolhe o que quer assistir e não precisa mais ser refém de tantos blockbusters norte-americanos!!

Como assim??

É mais ou menos assim: um grupo de amigos entrou numa viagem sobre como seria legal ver alguns filmes clássicos novamente na telona. E pensaram que, assim como eles, outras pessoas poderiam querer o mesmo. Por que não mobilizar então esse pessoal pela internet??

Foi assim que surgiu o site Movie Mobz (http://www.moviemobz.com/). Eles sugerem o filme e esperam juntar um número de gente que toparia ver esse mesmo filme num dia e horário estipulado. Quando juntam gente suficiente para encher uma sala, eles entram em contato com o dono de algum cinema e fazem a proposta de passar o filme pra essa galera. Com a proposta de ter sala cheia naquela sessão, é claro que o proprietário do cinema topa e fecha o acordo com o pessoal do Movie Mobz.

Eles já conseguiram assistir a vários filmes bacanas na tela do cinema e têm planos mais ambiciosos pro futuro, como organizar campeonatos de videogame e até transmitir a próxima Copa do Mundo em cinemas.

Quem se interessar pela mobilização, é só entrar para o movimento. E fica o exemplo de que o poder está sempre na mão do povo. Que é possível se unir, se mobilizar e conseguir as coisas que a maioria quer. Se não dá pra mudar os políticos, se não dá pra acabar com o círculo vicioso da corrupção no Brasil, que dê pelo menos pra gente escolher o que quer ver no cinema. Já é um bom começo.

Por Marko Panayotis

Amigo, jornalista, conhecedor dos bastidores de tv (calma eu não disse fofoqueiro), vocalista do Miguelito Cochabamba e blogueiro. O jovem Paná enriquece alguns diários virtuais com suas idéias: http://sonsdovodu.blogspot.com/

5 comentários:

Bruna Bernordi disse...

É isso aí, vamos levar os clássicos para a telona.

Sons do Vodu disse...

Legal participar do site... Valeu o convite...

E de onde surgiu essa foto?? É de mil novecentos e bolinha... Hahaha..

Abs
Pana

Bruna Bernordi disse...

Como boa jornalista (hahaha), eu achei a foto no site da Trama, através de busca pela banda.

La Firma disse...

Vou começar uma campanha para assistir, Apertem os cintos que o piloto sumiu.

Sons do Vodu disse...

Taxi Driver, Cabo do Medo, Uma Outra História Americana, Assassinos Por Natureza... Seriam legais de ver no cinema... A lista é enorme.. Uns Charles Chaplin... Já pensou?