11 de março de 2009

Eu sei que vou te amar ... por toda minha vida eu vou te amar!

Essa frase chega a soar brega, mas com certeza alguém já sentiu que amaria outro alguém para sempre.

Eu sei que vou te amar (Arnaldo Jabor/ 1986 / Brasil) é um filme dirigido pelo comentarista e mil e uma utilidades Arnaldo Jabor. A história conta com Fernanda Torres no elenco, que na ocasião ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes.
Um casal de jovens descontrolados resolvem fazer um jogo da verdade após três meses de separação. Nesse jogo eles lavam toda roupa suja e a história deles vem à tona direto para a vida dos telespectadores. Uma montanha russa de emoções com palavras fortes, chocantes e realistas do tipo: "Eu me separei de você porque você não me emocionava mais".

Dói só de contar, isso que nem falei das cenas de choro, afinal, o casal se ama, mas não entende os motivos da separação. A história é bem particular, porém é impossível não se identificar com frases e cenas, principalmente quem já esteve envolvido em separações dolorosas, relacionamentos conturbados, paixonites agudas e loucuras psicológicas.

Posso dizer que considero um filme romântico que começa com um final feliz e termina profundo e amargo no meio de turbilhões de verdades!
Postado por Amanda Sanches

Observação da Bruna:
A resenha de hoje foi escrita pela jovem amiga Amanda Sanches, mais conhecida como Mandioka. Ela não é jornalista nem publicitária, mas curte um bom filme e pelo que escreveu percebemos que deve ser uma pessoa bastante apaixonada, *rs.

4 comentários:

Bruna Bernordi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leila Ferraz disse...

em cada despedida eu vou te amar, desesperadamente....
ai ai

a-do-ro rs rs rs

beijo

Lelê Aracil disse...

Preciso achar esse filme! Li o livro e ameeei!

Bruna Bernordi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.