21 de dezembro de 2007

Nossos olhos falantes



Demorei um pouco, mas estou de volta gente!

Hoje, mais para um desabafo , desses de coração apertado sabe, mas claro sempre com um filminho né.

O de hoje chama-se Moça com brinco de pérola (Girl With A Pearl Earing, Reino Unido/ Luxemburgo, 2003).


A história passa-se na Holanda do século 17, Griet(Scarlett Johansson) é uma camponesa que por motivos maiores acaba tendo que ir trabalhar como doméstica na casa de um renomado pintor, Johannes Vermeer (Colin Firth). A mocinha tem 17 anos, o pintor é casado , tem um bocado de filhos e ainda por cima agüenta a sogra em casa!


O cara é simplesmente apaixonado por pintura, com o tempo a garota começa a despertar nele um certo tipo de interesse, na verdade é aí que entra o título do nosso texto...


Vejam bem, Griet é pobre, não tem cultura nenhuma mas divide a mesma paixão que Johannes, a pintura! Ela vai se interessando pelo trabalho dele ao mesmo tempo em que se sente culpada por estar atraída pelo patrão, e ele passa pela mesma angústia! Se encanta por ela saber sobre pintura e admirar seus quadros, ajudando-o e dando palpites além de inpirá-lo, coisa que amulher dele não faz já que, pra ela os quadros são fonte de renda, e nada mais.


O filme em si é beeem parado, fotografias escuras, trilha muito suave , e a beleza está justamente nos olhos. Vocês podem até achar que isso é coisa de chato, mas vejam bem, o sentimento e a atração entre eles é tão forte, tão intensa que os dois não precisam de palavras pra se manifestarem, os olhos dizem tudo ( só de lembrar eu me arrepio!)


Ele não diz nada,mas pela maneira como ele a olha ela já se acanha toda e sabe que seu sentimento é correspondido, é tão forte que até a mulher dele saca a história e começa a trabalhar pra atrapalhar.


Daí eu me pergunto: Onde foi parar a sensibilidade de entender olhares? Será mesmo que hoje em dia pra se conseguir alguma coisa é só na base do " e aí, eu tô afim, e tu??"

Será que nossos olhos ficaram mudos, ou será que surdos e burros???


Me desculpem moçada, mas não há nada mais cativante que se declarar por meio de um olhar! Nada mais fantástico que sentir que alguém está em desespero tentando lhe dizer algo que palavras simplesmente não podem expressar!


Portanto fiquemos mais atentos à essas demonstrações, chega de tentarmos verbalizar tudo , afinal os olhos têm uma função a mais , além de apenas visualizar coisas concretas!


Ah, vejam esse filme e aprendam!


Confesso que, essa história toda é uma maneira de dizer que euzinha mesma me encontro nessa situação de desespero mas meus olhos talvez não falem a mesma língua que o receptor de minhas mensagens!


Um grande abraço, um natal sensacional e um 2008 repleto de olhares pra todos!


Leiloca.


crédito pra foto: http://www.cineclick.com.br/

2 comentários:

Mari disse...

Minha querida, é impressionante como consigo me identificar com seus posts... Estou completamente envolvida com uma história repleta de olhares! Já que falar é "proibido", a gente se olha, sorri, mas não fala nada. Já entendemos a mensagem, a vontade, a saudade. Te adoro!

DaLua disse...

Para agradecer ao comentário no post.
As vezes o universo deixa de ser criativo e faz com que muita gente pense a mesma coisa. ...ao menos, nessas horas, todo mundo pensa a mesma coisa de forma diferente. Huh Huh Huh
Não vi esse filme da tiazinha com brinco de pérola, mas achei interessante os "olhos falantes" e, espero, que o outro lado entenda logo o que seu olhos querem dizer (ou, talvez, não entenda essa língua dos olhos e será preciso falar na mesma língua. Seu receptor entende português?). XD